Ciclaveiro emite parecer sobre o trajecto ciclável entre a Estação de Comboios e a Universidade de Aveiro

No seguimento da divulgação pela autarquia de Aveiro do trajecto proposto para uma ciclovia entre a Estação de Comboios e a Universidade de Aveiro, passando pelo Centro de Congressos, o Ciclaveiro emitiu um parecer que enviou ao poder político local no sentido de alertar para o erro que se estará a cometer.

O Ciclaveiro alerta que ao abrigo do conhecimento técnico existente em matéria de infraestruturas cicláveis é fundamental abandonar a ideia ultrapassada de “ciclovia-corredor isolada” e apostar numa combinação bem-sucedida de soluções simples, menos impactantes e menos dispendiosas que fomentem a criação de uma “rede ciclável” servindo várias origens e destinos. Corredores servindo apenas os seus extremos apresentam uma utilidade bastante limitada como se veio a provar pelas infraestruturas moribundas e desconexas que ainda restam de intervenções passadas em Aveiro.

A solução avançada pela autarquia peca pela inexistência de estudos técnicos que a sustentem. Além disso, usa um programa de financiamento de uma “rede ciclável” para construir uma simples ciclovia periférica, o que reflecte claramente a ausência de planeamento e de uma estratégia integrada para a mobilidade em bicicleta em Aveiro.

Um percurso periférico (pelo Centro de Congressos), quando existem alternativas mais eficientes, traduzir-se-á num desperdício de recursos públicos pelos seguintes motivos:

  1. servirá basicamente apenas os dois extremos, com um potencial número de utilizadores consideravelmente inferior a um percurso mais central que serviria também todos aqueles que vivem, trabalham ou visitam o centro de Aveiro. 
  2. afasta utilizadores de bicicleta do centro da cidade, o que seria uma oportunidade perdida de contribuir para a humanização e vitalidade da própria cidade e da sua actividade económica (está amplamente estudado e provado que nas cidades amigas da bicicleta o comércio local é largamente beneficiado). 
  3. será, também, uma oportunidade perdida para assegurar a desejada acalmia de tráfego motorizado na cidade proporcionada pela presença e circulação de bicicletas assim como pelas alterações infraestruturais que a intervenção de implementação do percurso ciclável requer. 
  4. será menos apelativo devido à sensação de insegurança (ou insegurança efectiva) fora das horas de ponta, provocada pelo facto de ser um percurso numa zona mais isolada, e menos frequentada.

O Ciclaveiro manifesta-se surpreendido que em pleno século XXI se ponderem repetir erros graves nestas matérias e defende que se invista na adopção de medidas integradas mais simples, frugais e eficazes que dêem primazia aos modos activos de mobilidade em detrimento do transporte individual motorizado. Medidas do tipo:

  • Ajuste dos sistemas de semáforos e sua temporização,
  • Redução do volume de tráfego motorizado,
  • Redução de velocidades, por meio da alteração do perfil de certas vias e intersecções,
  • etc.

O Ciclaveiro, como associação cujo objecto social inclui defender os direitos e interesses dos utilizadores e a criação e a melhoria de condições estruturais favoráveis à utilização da bicicleta, sente-se na obrigação de apresentar uma posição de discordância com a solução avançada pela autarquia e sobretudo reforçar a necessidade de que este tipo de decisões sejam tomadas com base em estudos técnicos prévios, auscultação dos principais interessados e discussão pública das opções, de forma a evitar que este processo se venha a tornar um tremendo desperdício de recursos públicos.

 

Veja o parecer completo enviado para a autarquia de Aveiro: AQUI.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: